Morreu na manhã de domingo (14), em Dourados, Renato da Silva Andrade, 27, o ‘Cascão’. Ele estava internado desde o dia 7 de junho após ser baleado no rosto ao deixar uma festa em Piraporã, distrito de Douradina. No dia do crime, ele estava na companhia de um amigo de 21 anos.

O acusado pelo ato, Odair Belarmino Gomes, 23, se apresentou na semana passada e disse que a intenção não era atingir a vítima. Na ação ele utilizou uma espingarda calibre 22.

Ele foi ouvido e liberado e agora responderá por homicídio.

O CASO

De acordo com as informações policiais, na tarde do dia 7 de junho, Renato e um amigo estavam na festa quando discutiram com um grupo. Em seguida, a dupla deixou o local no VW Saveiro de Renato.

Na MS-470, entre Piraporã e Douradina, Odair chegou numa Yamaha Lander começando nova discussão. A vítima colocou a cabeça para fora do carro e em seguida acabou atingida com um tiro no rosto.

Diante do ferimento, o amigo assumiu o controle do veículo e acionou a Polícia Militar e o Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Eles se encontraram próximo a PED (Penitenciária Estadual de Dourados) e os socorristas levaram o rapaz até o Hospital da Vida.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE