Um funileiro mecânico de 37 anos foi preso depois de ser flagrado dirigindo embriagado um veículo que era usado como viatura da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Mato Grosso do Sul.

O flagrante foi na BR-060, perto de Sidrolândia, a 64 km de Campo Grande, na quinta-feira (18), segundo a PRF, que divulgou o caso nesta sexta-feira (19).

O veículo foi apreendido porque não poderia circular com a identificação de viatura da PRF.

A instituição informou ao G1 que além de embrigado, o funileiro não tinha Carteira Nacional de Habilitação (CNH). Ele não é o proprietário do veículo e alegou que faria a pintura.

Ainda segundo a PRF, o veículo foi adquirido em leilão em dezembro de 2014 e, na época, o comprador assinou compromisso de descaracterizar o carro para poder ter a documentação que regulariza o uso da ex-viatura como veículo comum.

O teste do bafômetro apontou 1.07 dg/l, valor três vezes maior do que o mínimo exigido para prisão em flagrante. O preso disse à PRF que faria a pintura do veículo, mas não explicou o motivo de estar dirigindo.

O preso foi levado para a Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (Depac) da Piratininga, segundo a PRF, e o veículo encaminhado para a sede da instituição em Campo Grande.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE