Um forte estrondo que foi ouvido por moradores de várias regiões de Campo Grande nesta sexta-feira (19) está aguçando a imaginação de muitos. Apesar de serem muitas teorias e especulações, ainda não há informações concretas do que pode ter ocorrido.

O Centro de Sismologia da Universidade de São Paulo (USP), que possui equipamentos em Mato Grosso do Sul, informou que não registrou tremor de terra por aqui.

Outra hipótese levantada inicialmente foi descartada. O Comando Militar do Oeste (CMO) também informou que o Exército não liberou uso de explosivo.

Há relatos de que uma pedreira no Indubrasil teria utilizado explosivos, por isso o estrondo na região foi mais forte, mas a informação não foi confirmada e, mesmo que seja o que aconteceu, os barulhos não costumam ser tão forte a ponto de serem ouvidos em outras regiões mais centrais da cidade. Uma leitora do Portal Correio do Estado confirma o fato: “Moro aqui perto da pedreira. Sempre tem estouro, mas o de hoje foi mais forte que todos. Até eu que estou acostumada assustei”, relatou.

Apesar de parecer a teoria mais sólida, há um contraponto. Um leitor relatou ter ouvido o estrondo em município distante 296 km da Capital. ““Aqui em Pedro Gomes-MS tremeu tudo também”, informou.

TEORIAS


As hipóteses levantadas pelos leitores do Portal Correio do Estado na página do Facebook são das mais variadas. Desde estouro de pneu ou raio até visão de tremor de proporções catastróficas. Outros preferiram não se preocupar e aproveitaram a situação, como bons brasileiros, para fazer piada: “Dizem as más línguas que esse estrondo é do rombo que o governo está causando”, brincou um leitor.

“Foi um nave alienígena entrando na atmosfera em alta velocidade causando o estrondo”, argumentou outro leitor.

“Abalo sísmico!! Algo deslizou embaixo da terra e tudo tremeu em cima....”, especulou uma leitora.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE