O empreiteiro Genielson Galdino Macedo, 18 anos, foi preso sob a suspeita de ter assassinado a pauladas um colega de trabalho, cujo nome ainda não foi identificado, ontem (2), na fazenda onde prestavam serviços, em área rural da cidade de Corumbá.

De acordo com informações do Boletim de Ocorrência, o crime foi noticiado à polícia pelo gerente da propriedade rural onde o crime ocorreu. Pelo telefone, ele acionou militares dizendo que havia ocorrido briga entre empreiteiros e um deles sido morto a pauladas. Ainda, que tinha visto onde o corpo havia sido enterrado.

No local, policiais constataram o crime e encontraram a vítima enterrada à margem do Rio Paraguai.

Ainda de acordo com declarações da testemunha, o autor do assassinato, identificado como Genielson, havia furtado uma lancha de propriedade vizinha e fugido nela. O criminoso foi preso horas depois, na cidade de Ladário.

Genielson indicou a participação de outro colega no crime, o qual não foi encontrado pela polícia.

A vítima não estava com documentos pessoais e não havia sido identificada até o registro da ocorrência, no final da noite de ontem. O motivo do crime estava sendo apurado.

► Curta o Vicentina Online no Facebook e fique por dentro de tudo das notícias da sua cidade!

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE