Mulher é assassinada com sete facadas; suspeita é presa em flagrante na capital

Principal suspeita de cometer o crime, mulher de 23 anos, que não teve o nome divulgado, também ficou ferida

| VIVIANE OLIVEIRA E BRUNA MARQUES / CAMPO GRANDE NEWS


Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário Cepol (Foto: arquivo/Campo Grande News)

Sandra Aparecida Souza Mendes, 51 anos, foi assassinado com pelo menos sete facadas, por volta das 23h de ontem (2). O caso aconteceu numa quitinete, na Rua Brigadeiro Tobias, no Bairro Taquarussu, em Campo Grande. A principal suspeita de cometer o crime, uma mulher de 23 anos, que não teve o nome divulgado, também ficou ferida. Ela foi presa em flagrante enquanto recebia atendimento médico na UPA (Unidade de Pronto Atendimento) da região.

Conforme o delegado Nilson Friedrich, armadas com facas as duas mulheres passaram a brigar no quintal da quitinete e na sequência se esfaquearam. A vítima foi atingida por sete perfurações e morreu no local. Na confusão, a autora também sofreu um corte superficial no rosto, foi socorrida e escoltada pela Guara Civil Metropolitana que foi acionada pela vizinhança. Ela tem uma filha de 7 anos e apesar da criança estar no local não presenciou o crime.

O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) Cepol. A suspeita está 2º Delegacia de Polícia Civil e deve passar por audiência de custódia nesta manhã no Fórum (28), para definir se ficará presa esperando o andamento do inquérito e posterior processo ou se poderá responder em liberdade.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE