Procurado por homicídio é executado a tiros na fronteira do Paraguai com MS

Crime ocorreu ontem à noite em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia

| HELIO DE FREITAS, DE DOURADOS / CAMPO GRANDE NEWS


Ronald González, de 29 anos, foi morto ontem na fronteira (Foto: Reprodução)

Ronald Rodrigo González, 29, foi executado a tiros por volta de 23h deste domingo (3) em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande. Segundo a polícia paraguaia, ele era procurado por assassinato, ocorrido em fevereiro deste ano na fronteira.

O homem estava na casa onde morava no bairro San Miguel quando dois homens chegaram numa moto e o mataram com vários tiros. Os pistoleiros deixaram o local e até agora não há pista sobre a identidade deles.

No conglomerado de casas onde ocorreu o crime, na Rua Oliva, os policiais encontraram três tabletes de maconha. Assim como Pedro Juan Caballero, Capitán Bado é base das quadrilhas de traficantes de drogas da fronteira.

Mesmo sem qualquer pista dos criminosos e do motivo do assassinato, policiais paraguaios suspeitam de ligação de Ronald com o submundo do crime organizado. Não foram divulgados detalhes do assassinato que ele teria cometido, em fevereiro.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE