Ministério da Saúde e Conass negam pedido para vacinação de toda a população de MS com Janssen

Foi confirmado que as 3 milhões de doses serão divididas entre todos os Estados

| MÍDIA MAX


O plano de vacinar toda a população adulta de Mato Grosso do Sul em apenas cinco dias com vacinas da Janssen não poderá mais ser realizado, segundo confirmou o Ministério da Saúde ao Jornal Midiamax nesta quinta-feira (10). O lote com 3 milhões de doses do imunizante já foi dividido entre os Estados do Brasil e o Estado deverá receber doses suficientes para vacinas apenas 31 mil pessoas, segundo reunião do Conass (Conselho Nacional de Secretários de Saúde) da quarta-feira. 

O deputado estadual Paulo Corrêa lamentou a negativa de distribuição de doses durante a sessão da Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul desta quinta-feira (10). Os 24 deputados estaduais haviam solicitado, por ofício, as doses para Mato Grosso do Sul na quarta-feira (9). O plano seria vacinar toda a população de MS em apenas cinco dias, segundo pedido do Cosems-MS (Conselho de Secretários Municipais de Saúde de Mato Grosso do Sul).

A justificativa era de que essa 1ª remessa que virá ao Brasil deve ser aplicada até 27 de junho e Mato Grosso do Sul é o 1º estado do país em vacinação, tanto da 1ª quanto da 2ª dose. Além disso, o documento relatava a situação crítica que MS vive, com falta de leitos e aumento exponencial de casos desde janeiro.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE