Governo estadual anuncia que abrirá concurso para professores

Azambuja também garantiu que encaminhará projeto de lei, no mês de outubro, para aumentar o salário da classe administrativa da educação

| CORREIO DO ESTADO / GABRIELLE TAVARES


Governador em coletiva de imprensa nesta segunda-feira (2) - Bruno Henrique/Correio do Estado

Governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB) anunciou na manhã desta segunda-feira (2) que o Estado abrirá novo concurso para professores.

A informação foi passada em coletiva de imprensa concedida durante a entrega da Escola Estadual Vespasiano Martins, que passou por reformas.

Azambuja também garantiu que encaminhará projeto de lei, no mês de outubro, para aumentar o salário da classe administrativa da educação.

'A escola é um todo, não são só reformas físicas. Agora em outubro nós estamos encaminhando um projeto de lei que contempla também toda a classe dos administrativos, já é um compromisso do governo e da Secretaria de Educação', disse.

'Também vou publicar novo concurso de professores para ampliar o número de profissionais concursados', completou.

Detalhes com número de vagas, critérios para seleção e prazo de inscrições ainda deverão ser publicados em edital.

O governador declarou que, além da reestruturação da rede de ensino, também investirá na qualificação e formação continuada dos professores, além das reformas nas estruturas das unidades escolares, como laboratórios de tecnologia e ciência.

'Nós estamos com mais de R$ 289 milhões em investimentos nas escolas. Só nesse momento, mais de 132 unidades passam por reformas'.

Ao todo, são 347 unidades. De acordo com Azambuja, cerca de 200 delas passaram por melhorias nos últimos 6 anos.

O planejamento das intervenções são feitos de acordo com a disponibilidade de recursos do próprio Estado.

'A Rede Estadual estava muito sucateada, algumas escolas em Mato Grosso do Sul estavam em situação deplorável', afirmou.

Na manhã de hoje, o governador entregou a reforma da escola estadual Vespasiano Martins, que custou R$ 2,9 milhões.

No prédio foram feitas substituições de esquadrias, serviço de fundação, troca da cobertura e instalações elétricas, hidro sanitárias e preventivas de incêndio, além de revestimento de piso e forro, pintura e urbanização, e fechamento total da quadra poliesportiva.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE