Liberação de aulas presenciais na Reme de Dourados ainda depende do MPMS

Secretaria orienta que pais devem procurar a instituição em que o filho está matriculado para visitas e assinatura de termos

| MIDIAMAX


Medidas de biossegurança estão entre os requisitos exigidos - Divulgação

Para retomar as aulas presenciais em Dourados, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) ainda depende da autorização do MPMS (Ministério Público de Mato Grosso do Sul). As visitas do titular da 17ª Promotoria de Justiça de Dourados, Luiz Gustavo Terçariol, tiveram início na última sexta-feira (30).

Segundo informações da Prefeitura de Dourados, as visitas do promotor têm o objetivo de verificar como as medidas de biossegurança foram instauradas. A secretária municipal de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, explica que as escolas começaram a passar pela adaptação durante o período de férias letivas.

“Nós realizamos os repasses e cada unidade da Reme ficou responsável por seguir as medidas solicitadas, como o distanciamento, distribuição dos pontos de álcool 70% e sinalização que ressalta a importância do uso de máscaras', contou

O titular da 17ª Promotoria de Justiça de Dourados, Luiz Gustavo Terçariol, destaca que além das ações, é preciso que haja a colaboração da sociedade. “As salas de aula estão com o distanciamento necessário e por toda a escola é possível ver cartazes que sinalizam a necessidade dos cuidados. Portanto, neste momento o mais importante é que os alunos e os pais cumpram o protocolo', comentou Terçariol.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE