Com mãe doente em Portugal, douradense vende rifa para viajar

| MS EM FOCO / ASSESSORIA


A douradense Laura Aparecida Medina Soares, 43 anos, está vendendo rifa para completar um valor em dinheiro que possibilite a viagem dela para Portugal, onde a mãe, dona Thomazia Medina Soares, de 68 anos, está internada em estado de risco para tratamento de saúde após contrair uma bactéria no intestino que avançou para rins e fígado. Os custos com a passagem de urgência chegam perto de R$ 7 mil. Deste valor, Laura já conseguiu em torno de 60% com a ajuda de amigos e o acerto salarial do emprego que tinha e teve de pedir as contas. Única filha, Laura recebeu em Dourados a notícia dada pelos colegas de trabalho da mãe de que dona Thomazia ficou doente e foi para um hospital e que Laura deveria ir para Portugal acompanhar o tratamento.

Thomazia trabalha em Portugal há 12 anos, mas não tem nenhum parente com ela no país europeu, apenas alguns conhecidos brasileiros. Recentemente, ela mudaria de cidade com uma equipe de prestadores de serviço com quem trabalha, mas antes de viajar, adoeceu, ficando internada em estado grave de saúde em um hospital da cidade de Matosinhos, região do Porto, desde 5 de setembro.

Assim que recebeu a notícia, Laura começou uma grande batalha para conseguir angariar fundos para a viagem. Ela vendeu alguns bens, conseguiu ajuda para tirar passaporte e alinhar outras demandas e agora faz uma ação entre amigos para completar os valores. “Consegui 70% do valor e preciso levantar logo o restante. Por isso tem esse sorteio, é um perfume que uma amiga me deu para sortear, um tapete de crochê que outra pessoa fez e ainda 100 reais. Se Deus quiser e com a ajuda das pessoas vou conseguir. Um dos rins da minha mãe parou de funcionar e não tem ninguém por ela lá. Eu preciso ir”, conta Laura.

Ela consegue notícias da mãe através de uma conhecida em comum na cidade portuguesa, mas o rigor da unidade hospitalar, principalmente por conta da pandemia, dificulta saber sobre o estado da mãe, o que torna urgente a viagem. “Consegui falar com ela certa vez, e ela tentou me acalmar. Mas é grave a infecção”, conta, lembrando da vez que falou com a mãe.

Para ajudar Laura comprando uma rifa basta entrar em contato pelo telefone 67 99675-7663. Quem quiser contribuir enviando um valor via PIX, também pode. A chave de acesso é 790.799.111-00, com destinatário sendo ‘Laura Aparecida M Soares’.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE