Homem se apresenta à polícia e confessa ter matado segurança a tiros em Ivinhema

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Vitor fazia bico de segurança e foi atingido por quatro tiros - Crédito: (Reprodução | Redes Sociais)

José Edilson da Silva Cordeiro, 44 anos, se apresentou à polícia na tarde desta segunda-feira, dia 13 de novembro e confessou ter matado o segurança Vitor Hugo Branquinho Camargo, 25 anos. O crime aconteceu na madrugada do último sábado (11), na praça de eventos da cidade de Ivinhema, onde acontecia o show da dupla João Bosco e Vinícius em comemoração aos 60 anos de emancipação política do município.

De acordo com o delegado Robson Ferraz, o homem se apresentou na companhia de um advogado e confessou o crime. Em depoimento, José alegou ter sido agredido e expulso da festa junto com o primo e acabou voltando para resolver a situação, no entanto, não soube dizer se Vitor seria o responsável pela agressão.

Segundo o site Campo Grande News, por estar com mandado em aberto, José ficou preso. O primo dele, que não teve o nome divulgado, foi encaminhado para a delegacia no dia do crime. Ambos foram autuados por homicídio qualificado.

Crime

Vitor teria sido confundido com outro segurança envolvido em uma discussão com o suspeito. A briga aconteceu após o primo de José ter sido retirado do evento. O homem pegou um celular para filmar a ação e na confusão o aparelho caiu no chão e quebrou.

José e seu primo saíram e voltaram em seguida entrando pela parte dos fundos do local onde acontecia o evento. A dupla chegou a conversar com um dos seguranças para reclamar do que aconteceu e quando o segurança viu que o suspeito estava armado disse que o envolvido na discussão não fazia parte da equipe.

No entanto, José encontrou com Vitor em uma quadra de areia dentro da arena. Ele então sacou a arma e deu quatro tiros no rapaz que foi atingido nas costas, cabeça e braço esquerdo. O segurança morreu antes de o socorro chegar. O suspeito fugiu e a equipe da PM (Polícia Militar) foi acionada. O outro homem envolvido na confusão foi levado para a Delegacia de Polícia Civil da cidade. 

Se quiser receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp gratuitamente ENTRE AQUI . Lembramos que você precisa salvar nosso número na agenda do seu celular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





















PUBLICIDADE
PUBLICIDADE