Procurado há quatro dias, homem é encontrado morto em assentamento em Bataguassu

| DOURADOSNEWS / DA REDAçãO


Gilmar Urbano Rufim, 50 anos - Crédito: (Arquivo Pessoal)

Procurado desde o último domingo, dia 07 de janeiro, Gilmar Urbano Rufim, 50 anos, foi encontrado sem vida nesta quarta-feira (10), debaixo de uma árvore no Assentamento da Aldeia, próximo de Bataguassu, cidade localizada na divisa com o estado de São Paulo. Morador de Campo Grande, Gilmar desapareceu durante uma visita à família no sítio, área rural da cidade.

A morte foi confirmada por um filho. “Nós procuramos a mídia para ter mais informações, sabíamos que ele não caminharia muito longe do assentamento, até porque ele bebia”, disse. O homem será velado em Bataguassu, município em que nasceu. Até o momento da publicação da matéria, a família não sabia a causa da morte de Gilmar.

Conforme o boletim de ocorrência, Gilmar estava na propriedade rural onde a mãe mora quando, por volta das 16h30, saiu para ir até uma fazenda onde é feito plantio de soja. Desde então, ele não foi mais visto e não deu qualquer notícia à família.

Ao site Campo Grande News, a filha do homem de 27 anos, disse que Gilmar usava uma bermuda bege e estava sem camisa quando saiu de casa. Ele também estava com um boné preto na cabeça e não tem nenhuma tatuagem no corpo. 

Se quiser receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp gratuitamente ENTRE AQUI . Lembramos que você precisa salvar nosso número na agenda do seu celular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





















PUBLICIDADE
PUBLICIDADE