Fabricante de celulose abre 150 vagas de trabalhos florestais

Seleções acontecem nas cidades de Aparecida do Taboado, Inocência, Paranaíba e Selvíria

| DA REDAçãO / MS NEWS


As vagas são destinadas para a atividade florestal da Arauco. Foto: Zig Koch

Referência global nos setores de celulose, produtos de madeira, reservas florestais e bioenergia, a Arauco está com 150 vagas abertas para Operação Florestal em Mato Grosso do Sul, sendo 100 vagas para a posição de Auxiliar Florestal e 50 vagas para Operador de Equipamento Florestal. O processo seletivo acontece nesta semana nas cidades de Selvíria (02/04), Aparecida do Taboado (08/04), Inocência (09/04) e Paranaíba (09/04).

Os candidatos devem comparecer na data, horário e local informados, portando seus documentos pessoais (RG e CPF) e Currículo Atualizado. Também é possível enviar o currículo para a empresa de consultoria especializada pelos telefones (17) 99715-7489 ou (17) 99703-5888 e pelo e-mail [email protected].

DATA E LOCAL DA SELEÇÃO: 

· Selvíria: 02/04 (terça-feira), às 9, na Clínica Dr. Yuri – Central do Cidadão (Rua Vereador Isac Laluci, 843) 

· Aparecida do Taboado: 08/04 (sexta-feira), às 09h30, na Casa do Trabalhador (Avenida Orlando M. Pereira, 2065) 

· Inocência: 09/04 (sábado), às 9h30, na Câmara Municipal dos Vereadores (Rua Francisco Albino, 511) 

· Paranaíba: 09/04 (sábado), às 14h, na Casa do Trabalhador (Shopping Center Paranaíba, 2º piso).  

PROJETO SUCURIÚ 

Em fevereiro deste ano, o Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul) concedeu a licença prévia à Arauco, para o Projeto Sucuriú, que consiste na primeira fábrica de celulose branqueada da empresa no Brasil. A licença prévia atesta a viabilidade ambiental e estabelece diretrizes para as próximas fases do licenciamento.

Em Audiência Pública, realizada em Inocência em agosto de 2023, a Arauco apresentou o Relatório de Impacto Ambiental (RIMA), documento que reúne informações sobre os impactos econômicos, sociais e ambientais e as respectivas medidas mitigatórias relacionadas ao Projeto Sucuriú. Etapa fundamental para obtenção da licença, o evento foi realizado de forma híbrida pelo Imasul e contou com a participação maciça da população, com 386 inscritos, dos quais 297 presencialmente, junto a autoridades do Estado e do município. Após a Audiência, o Imasul elaborou parecer técnico favorável à emissão da Licença Prévia e o submeteu ao Conselho Estadual de Controle Ambiental (CECA), órgão de função consultiva e deliberativa, composto por membros do Poder Público e representantes da sociedade civil. O CECA avaliou o parecer e votou de modo igualmente favorável.

Com previsão de início das obras em 2025 e operação em 2028, o Projeto Sucuriú estará localizado a 50km de Inocência, na margem esquerda do Rio Sucuriú, próximo à rodovia MS 377 e à 47km da malha ferroviária, facilitando a logística ao escoamento para exportação. O investimento previsto para o projeto, que terá capacidade para produzir 2,5 milhões de toneladas de celulose branqueada ao ano, é de aproximadamente R$ 15 bilhões.

Se quiser receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp gratuitamente ENTRE AQUI . Lembramos que você precisa salvar nosso número na agenda do seu celular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





















PUBLICIDADE
PUBLICIDADE