Em meio a fogo no Pantanal, alunos são evacuados de escola e aulas são suspensas por 10 dias

Brigadistas e militares do Corpo de Bombeiros estão na região combatendo as chamas.

| THAIS LIBNI, G1 MS


Foto: CPA-CBMMS / Mairinco de Pauda

Em meio aos focos de incêndio que atingem o Pantanal, crianças da escola Jatobazinho, em Corumbá, a 413 km de Campo Grande, precisaram ser evacuadas da unidade escolar na manhã desta sexta-feira (7), devido ao risco da aproximação do fogo e a forte nuvem de fumaça que cerca o local, dificultando a respiração.

De acordo com a coordenação da escola, os alunos foram levados de volta para suas residências e as aulas foram suspensas até o dia 17 de junho, esse prazo pode se estender caso os focos de incêndio se intensifiquem na região.

A escola Jatobazinho, às margens do Rio Paraguai, no Pantanal sul-mato-grossense, recebe cerca de 40 crianças de famílias ribeirinhas, que estudam do 1º ao 5º. A unidade funciona como internato, em que os alunos, além de estudar, também vivem em alojamentos anexo ao prédio principal de segunda-feira à sábado.

Na tarde de quinta-feira (6), a proximidade fogo causou desespero na equipe que atua na escola. Vídeos enviados à reportagem mostram como as chamas avançaram rapidamente, colocando em risco alunos e profissionais.

Segundo os bombeiros atuam na área, foi utilizado um trator e um caminhão pipa de uma fazenda da região de porto laranjeira, para combater as chamas na região. No entanto, o fogo contornou e chegou próximo a escola. Nesta manhã um avião Air Trakctor chegou na região para fazer o combate aéreo.

Ainda no pantanal, em Forte Coimbra a área queimada foi de 559 hectares e no Paraguai Mirim os focos de incêndio se intensificaram. Os focos de incêndio no bioma Pantanal, presente nos estados de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, cresceram 931% em um ano, mostram os dados do Satélite de Referência do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Enquanto em 2023 foram registrados 91 focos de incêndio pelos pesquisadores, entre os meses de janeiro e junho, em 2024 o índice saltou para 939, no mesmo período. Apenas em Mato Grosso do Sul, foram 521 focos neste ano, contra 52 no ano passado. Segundo o Corpo de Bombeiros do estado, equipes conseguiram contem o fogo em três Parques Estaduais: Pantanal do Rio Negro (Pantanal); Nascentes do Taquari (Cerrado) e Várzeas do Rio Ivinhema (Mata Atlântica).

Se quiser receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp gratuitamente ENTRE AQUI . Lembramos que você precisa salvar nosso número na agenda do seu celular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





















PUBLICIDADE
PUBLICIDADE