Concurso do TSE tem vagas abertas com salários de até R$ 14 mil

O salário inicial para a carreira de analista judiciário é de R$ 13.994,78.


Luiz Roberto/Secom/TSE

Um concurso público unificado será realizado neste ano para preencher 412 cargos efetivos na Justiça Eleitoral do país. O edital foi publicado no dia 29 de maio.

As oportunidades, todas de nível superior, estão distribuídas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e em 26 tribunais regionais eleitorais (TREs), com salários que variam entre R$ 8,5 mil e quase R$ 14 mil.

Há vagas na área administrativa, na área jurídica e para cargos de apoio especializado, como arquiteto, engenheiro, enfermeiro, médico, psicólogo, entre outros.
As provas para todas as carreiras devem ser aplicadas no dia 22 de setembro.

1-Quais são os cargos ofertados e salários?

O concurso vai preencher 412 vagas imediatas de nível superior, divididas em cargos de analista e de técnico judiciário, além da formação de cadastro reserva.

O salário inicial para a carreira de analista judiciário é de R$ 13.994,78, e as oportunidades estão divididas da seguinte forma:

área administrativa: qualquer área de formação e contabilidade;

área de apoio especializado: arquitetura; arquivologia; biblioteconomia; enfermagem; engenharia civil;

engenharia elétrica; engenharia mecânica; estatística; medicina (clínica médica); medicina (psiquiatria);

medicina do trabalho; odontologia; psicologia; serviço social; tecnologia da informação;

área judiciária: direito.

Já as vagas de técnico judiciário foram separadas em três cargos, e os salários podem ser diferentes.

Veja:

área administrativa (qualquer área de formação) - salário de R$ 8.529,65;

agente da polícia judicial (área administrativa) - salário de R$ 9.773,56;

programação de sistemas (área de apoio especializado) - salário de R$ 8.529,65.

2- Onde as vagas estão distribuídas?

As oportunidades estão distribuídas no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e em 26 tribunais regionais eleitorais (TREs).

Se quiser receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp gratuitamente ENTRE AQUI . Lembramos que você precisa salvar nosso número na agenda do seu celular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





















PUBLICIDADE
PUBLICIDADE