Cadeirante atropelado por moto em Dourados morre após duas semanas no hospital

Vítima foi atropelada no dia 9 de junho, quando seguia para casa com sobrinho

| DAYENE PAZ / CAMPO GRANDE NEWS


Hospital da Vida, em Dourados, onde a vítima estava internada. (Foto: Arquivo/Campo Grande News)

O cadeirante Antônio Raimundo Gaia, de 58 anos, morreu na madrugada deste sábado (22) após duas semanas internado no Hospital da Vida, em Dourados, cidade distante cerca de 251 quilômetros de Campo Grande. Ele foi atropelado por uma motocicleta no dia 9 de junho, no Jardim Canaã IV.

Segundo o site Dourados News, Antônio era portador de necessidades especiais e na noite do fato, havia deixado a casa da irmã e seguia na companhia do sobrinho de 41 anos, que o empurrava na cadeira de rodas. Por volta de 19h30, no cruzamento das ruas José Jovino Salgueiro com a Matheus Silveira, ambos acabaram atingidos pela Yamaha YBR, conduzida por um jovem de 21 anos.

Feridos, eles foram encaminhados ao Hospital da Vida. Antônio tinha ferimentos graves, não resistiu e morreu nesta madrugada. O caso foi registrado na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário) de Dourados como 'homicídio culposo na direção de veículo automotor'.

Não há informações se o motociclista teve ferimentos. Conforme a irmã da vítima, o local onde ocorreu o acidente passou por recapeamento recente e um quebra-molas que existia anteriormente foi retirado e ainda não instalado.

Se quiser receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp gratuitamente ENTRE AQUI . Lembramos que você precisa salvar nosso número na agenda do seu celular.


ÚLTIMAS NOTÍCIAS





















PUBLICIDADE
PUBLICIDADE