Marcelo Oliveira será o substituto de Oswaldo de Oliveira no Palmeiras. Demitido pelo Cruzeiro na semana passada, o técnico chegou a acordo com a diretoria do Verdão e virá a São Paulo já na noite desta quarta-feira. O anúncio deve ser feito nesta quinta, com apresentação na sexta-feira. Domingo, contra o Fluminense, no Allianz Parque, a tendência é de que o interino Alberto Valentim fique no banco.

As conversas entre Palmeiras e Marcelo Oliveira começaram antes da queda de Oswaldo, consumada na terça. O novo comandante assinará um contrato válido por duas temporadas, com salários de R$ 400 mil e luvas de aproximadamente R$ 600 mil.

Oliveira tem 60 anos e começou a carreira nas categorias de base do Atlético-MG, clube que defendeu nos tempos de jogador. Ele também chegou a dirigir a equipe profissional do Galo, além de CRB-AL, Ipatinga, Paraná, Coritiba, Vasco e Cruzeiro.

No Coxa, foi campeão paranaense e chegou à final da Copa do Brasil duas vezes, com derrotas para Vasco e Palmeiras, em 2011 e 2012. No Cruzeiro, trabalhou com Mattos e conquistou os dois últimos Brasileiros, além de um estadual.

Técnico não deve ter Valdivia

Nas conversas com Mattos, o técnico perguntou sobre a possibilidade de contar com o meia Valdivia, que tem contrato somente até agosto. A resposta foi negativa. O camisa 10, que vai disputar a Copa América com a seleção chilena, não deve voltar a receber proposta para renovar.

 

A primeira era de R$ 120 mil mensais de salário, além de R$ 60 mil de bônus por partida como titular, mas o jogador recusou. Ele viajou com o Chile para a Copa América na expectativa de receber uma nova oferta quando voltar, no fim de julho.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE