A auxiliar de cozinha Gileide Barbosa da Silva, 39 anos, foi encontrada morta na manhã desta terça-feira (16) dentro de casa, na Rua Abobreira, Bairro Rancho Alegre, em Campo Grande. A mulher não era vista desde a última sexta-feira (12) e nesta manhã foi encontrada pelo filho.

Assim que encontrou o corpo da mãe coberto de sangue, o filho acionou o Corpo de Bombeiros e os militares constataram o óbito. A perícia da Polícia Civil também foi acionada para analisar o local.

A Polícia Civil deve iniciar a investigação com duas hipóteses para descobrir a causa da morte. Segundo informações, a vítima já havia sofrido um derrame e pode ter sido vítima do acidente vascular cerebral novamente.

Outra hipótese é que ela tenha sido morta pelo ex-marido identificado apenas como Celso. Segundo uma vizinha que preferiu não se identificar, o suspeito foi preso no fim de 2014 por violência doméstica, já que espancava Gileide até no meio da rua.

A vítima morava na residência há oito anos e no momento estava desempregada.
 

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE