O vereador Maurício Lemes (PSB) é reincidente e tem de ser cassado, disse a vereadora Virginia Magrini (PP), que denuncia ter sofrido assédio por parte do colega durante sessão na Câmara Municipal de Dourados, a 220 quilômetros de Campo Grande, no dia 9 de junho. Na ocasião, ela foi à polícia alegando que o parlamentar teria beliscado o bumbum dela.

“Naquele mesmo dia ele me pediu desculpa, mas não aceitei. Ele já tinha feito isso umas três vezes, falou que tinha sido o paletó, alguma coisa assim, mas não era. Desta vez temos provas, foto e a própria filmagem da Câmara”, disse a vereadora. Ela esteve na Câmara Municipal de Campo Grande, nesta quinta-feira (19).

A pepista diz não concordar a atitude do vereador, lembrando ter recebido mensagem, de familiares do vereador, alegando ter sido uma brincadeira por parte dele. “Não estou disposta a aceitar, isso não é algo que se faça”, emendou.

Virginia também comentou ter alertado a presidência da Câmara de Dourados sobre a necessidade de providências em relação ao caso. A comissão de ética do parlamento está analisando a questão.

A vereadora ainda rebateu críticas de que teria exagerado na reação ao suposto ato do vereador. “Fiz isso porque ali é o local de trabalho e nunca dei este tipo de liberdade”, salienta.
 

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE