Uma reunião no Parque São Jorge no fim da tarde desta quinta-feira (25) fez com que Corinthians e Alexandre Pato chegassem a um acordo. Emprestado ao São Paulo, o atacante concordou em retirar o processo contra o clube.

De acordo com Diógenes Mello, advogado do Corinthians, o acordo foi proposto por Pato em função de ele ter liminar negada para rescindir contrato com o clube há exatamente uma semana. Agora, o atacante dirá à Justiça que o objetivo da ação já foi atingido.

Logo depois de ingressar com processo contra o Corinthians, Alexandre Pato recebeu R$ 4 milhões referentes a dez meses de direitos de imagem atrasados. Na avaliação de seu advogado, João Henrique Chiminazzo, a rescisão do vínculo corintiano era um objetivo secundário.

Com o acordo firmado no Corinthians, Alexandre Pato agora deve chegar a um consenso semelhante com o São Paulo, que também estava envolvido no processo. O atual clube defendido pelo jogador devia aproximadamente R$ 300 mil, quantia que também foi paga a ele com a ação. A direção são-paulina não deve se opor.

Caso a ação não fosse retirada, todas as partes deveriam aguardar até o início de setembro para audiência marcada pela justiça. Agora, o advogado de Alexandre Pato dará sequência aos trâmites burocráticos para o arquivamento do processo.

O interesse de Alexandre Pato é retornar à Europa no segundo semestre. O contrato dele com o Corinthians vai até dezembro de 2016, mas ele segue emprestado ao São Paulo até o fim da atual temporada.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE