O Brasil escolheu levar tenistas jovens ao Canadá para dar rodagem aos garotos e o saldo foi positivo no primeiro dia de disputas de tênis masculino nos Jogos Pan-Americanos. Foram duas vitórias e uma derrota. O primeiro a entrar em quadra foi Orlando Luz, o jogador com melhor ranking da equipe brasileira (570) e esperança para o futuro do esporte no país.

Ele começa a carreira no profissional, quando juvenil chegou a liderança do circuito, e venceu o hondurenho Alejando Obando por dois sets a zero com duplo 6/1. Depois da partida Orlandinho, como é chamado, explicou que não conhecia o adversário e procurou fazer o básico em quadra. O tenista de 17 anos ainda comemorou a oportunidade de representar o Brasil e disse que estar no Pan já é uma grande experiência, mas não sabe o que esperar do torneio.

"Eu não conhecia a maioria dos jogadores que estão jogando aqui. Eu vi a maioria pela primeira vez durante os treinos."

A outra vitória coube a João Menezes, número 658 do mundo. O jovem de 18 anos bateu o uruguaio Ariel Behar em dois sets. Ele fez 6/3 e 7/6 em partida que durou 1h23. O resultado negativo ficou com Marcelo Zormann,  o mais velho do grupo com 19 anos. O jogador caiu diante de Roberto Cid, da República Dominicana por dois sets a zero. As parciais foram 6/4, 6/2 e 7/5.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE