Professores da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) que lecionaram durante o período de greve terão que repetir as aulas quando todos os professores voltarem ao trabalho. A decisão foi tomada em assembleia na tarde desta quinta-feira (23).

Os professores estão em greve desde o dia 28 de maio. Como nem todos paralisaram as atividades, algumas disciplinas de cursos continuaram a ser lecionadas normalmente. O problema é que muitos estudantes não são de Dourados e voltaram para as suas cidades.

Para não prejudicar os estudantes o Conselho de Ensino, Pesquisa, Extensão e Cultura da UFGD decidiu suspender calendário acadêmico.

No entanto, ainda haverá negociação com os professores que deram aulas no período de greve, para escolher a melhor forma de retomar novamente os conteúdos e provas aplicadas nesses quase dois meses de paralisação.

Estima-se que cerca de 10% de professores lecionaram no período da greve, que não tem data para ser encerrada.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE