Seis pessoas morreram, duas foram baleadas e mais cinco esfaqueadas durante a noite de sábado(08) e decorrer da madrugada de hoje (09), em Mato Grosso do Sul. Os crimes ocorreram em Miranda, Naviraí, Sidrolândia, Amambai e Campo Grande. Na maioria dos casos, os envolvidos haviam ingerido bebida alcoólica.

Em Campo Grande, um homem de 25 anos foi atingido por um tiro na noite deste sábado, por volta das 19h, na rua Mathias de Albuquerque, bairro Tiradentes. Um pouco antes, por volta de 18h30, outro homem sofreu tentativa de homicídio, esse, na Rua dos Narcisos, no bairro lar do Trabalhador. Roger Rocha da Silva, de 23 anos, foi ferido na parte posterior da cabeça, provavelmente causado por disparo de arma de fogo.

Já em Miranda, Cícero Mendes da Costa, 75 anos, foi esfaqueado, mas ninguém soube informar quem cometeu o crime. A filha da vítima relatou aos militares que encontrou o pai ensanguentado ao chegar no imóvel. Ele teve de ser trazido para a Capital, mas a ambulância do Hospital Municipal pegou fogo e ele morreu no caminho.

Na cidade de Naviraí, Claudelino Moringo Aquino, de 19 anos, morreu após ser baleado em via urbana, no bairro Vila Nova. De acordo com a Polícia Militar, no momento do crime, a vítima estava em companhia de um amigo, testemunhas relataram às autoridades que o autor dos disparo era uma pessoa conhecida na região como “Oreia” e que este teria chegado ao local a pé disparando contra Claudelino, não dando chances de reação.

Em Sidrolândia, uma mulher de 22 anos morreu e outra ficou ferida, após serem esfaqueadas, durante uma festa em um local conhecido como "buracão". Na mesma cidade, Adriano da Silva Couto, 24 anos, também morreu após ser esfaqueado na madrugada deste domingo (9), em uma lanchonete.

No município de Amambai, dois homens morreram depois de serem esfaqueados. Márcio da Silva, de 31 anos foi morto por Celso Gonçalves, de 24 anos, na aldeia indígena Limão Verde, sem motivo aparente. O outro crime foi por volta das 21h, na praça do bairro Tiradentes. A PM(Polícia Militar) foi acionada para atender uma ocorrência de uma vítima que estava ferida e sangrando. Wilfrido Ramão Monges Prieto, 21, foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros, mas morreu pouco tempo depois. A polícia prendeu Antônio Centurião,acusado de ser o autor do homicídio.

Conforme o delegado titular da 1ª Delegacia de Polícia Civil de Amambai, Mikail Faria, os dois crimes envolviam uso de bebida alcoólica. "Estamos investigando, em um dos crimes não havia motivo aparente, o outro pode ter sido por vingança, mas nos dois há o envolvimento de bebida alcoolica, o que pode ter motivado os autores a praticarem os crimes", explicou o delegado.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE