O São Paulo recebe o Goiás neste sábado em busca da décima vitória no Brasileirão 2015. O resultado positivo garante o Tricolor no G4 ao fim do primeiro turno. O confronto será o encontro do time de maior posse de bola do campeonato, o São Paulo, contra o segundo pior.

Com média de 54,72% de posse de bola no nacional, o São Paulo costuma dominar os adversários, mas tem dificuldade de criar jogadas ou de finalizar com precisão. Das nove partidas que fez no Morumbi, o Tricolor só não foi superior contra o Cruzeiro. A ideia de deixar o adversário acuado tem dado certo. São seis vitórias e três empates como mandante.

Curiosamente, o melhor aproveitamento do time no torneio aconteceu na goleada sofrida para o Palmeiras no Allianz Parque, quando teve 67% de posse de bola contra 33% do Verdão.

O Atlético-MG caiu para segundo no torneio após perder em casa para o Grêmio e ocupa a mesma posição no ranking de posse de bola. O Galo tem média de 54,27% e nunca teve aproveitamento inferior a 48%. Em 18 rodadas, os mineiros ficaram mais tempo com a bola em 14 jogos. A vitória sobre o Coritiba por 2 a 0 na 10ª rodada foi o melhor desempenho do time no torneio, com 65%.

Rival do Galo, o Cruzeiro é o maior exemplo de que a posse de bola nem sempre representa bons resultados. Os 54,16% de posse de bola não deixam o clube numa posição confortável. Em 18 rodadas, a Raposa teve melhor rendimento em 13. A derrota por 3 a 0 para o Joinville é a referência mais recente, com 60% de aproveitamento. O melhor desempenho foi justamente na última partida de Marcelo Oliveira, com 63%.

Atlético-PR e Internacional têm médias iguais de posse de bola no Brasileiro, 52,44%. Os paranaenses tiveram o domínio dos jogos nas últimas sete rodadas, sendo o melhor rendimento no torneio contra o Fluminense, com 63%. O Colorado teve melhor desempenho em 12 rodadas, com destaque para as partidas contra Chapecoense e Fluminense, com 59%. A chegada de Argel pode mudar este números, visto que o técnico tinha o terceiro pior desempenho com o Figueirense.
Grêmio (52%), Santos, Palmeiras, Flamengo e Chapecoense completam o top-10 até a 18ª rodada, segundo estatísticas do Footstats. Líder do Brasileirão, o Corinthians tem a 11ª melhor média, com 49,77%, e exemplifica como joga o time do técnico Tite, à espera do erro do adversário.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE