Foi encontrado nesta quarta-feira (19) de manhã o corpo do delegado aposentado Manoel Geraldo Barcelos da Rosa embaixo de ponte na BR-267, cerca de 4 quilômetros de Porto Murtinho, município 370 quilômetros a oeste de Campo Grande. A suspeita é que ele tenha cometido suicídio.

De acordo com informações do delegado de Polícia Civil Rodrigo Nunes Zanotta, de Porto Murtinho, o colega aposentado teria ido de bicicleta até a ponte por volta das 7 horas, descido pela lateral da ponte e atirado em si mesmo.

O delegado aposentado, de 61 anos, tinha depressão e fazia tratamento. Ele deixou uma "carta de alívio” (carta que antecede o suicídio) no local, na qual pedia para que não fosse aberto um inquireto, “foi um suicídio, não quero caixão, quero que me enterre apenas com uma manta de cor verde que ela está separada em minha residência".

Até o fechamento deste texto, a informação é de que o corpo segue para Jardim, onde será feito laudo médico para apurar a exata causa da morte.

Manoel Gerado Barcelos, natural de Guia Lopes da Laguna, foi aposentado em 2009 segundo decreto da época lotado na Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública), deixou esposa e filhos.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE