Na manhã desta quarta (9), em torno de 15 produtores de leite de Deodápolis fecharam a entrada de um laticínio localizado próximo as margens da rodovia MS 276, entre o município e o distrito de Lagoa Bonita.

O protesto ocorre por conta da falta de pagamentos do laticínio desde meados de junho deste ano. Os produtores acusam a falta de pagamento do leite que já foi entregue. Alguns dos produtores inclusive, em entrevista aos radialistas Reginaldo Ferreira e ‘Pena Branca’ da rede Jota FM, afirmaram que já mudaram de laticínio, porém com o acumulo das dividas por conta do atraso da empresa, os mesmos estariam em uma situação delicada.

Segundo Reginaldo Ferreira, a empresa que atualmente pertence a Mercúrio LTDA, ainda não havia entrado em contato com a imprensa para dar um posicionamento oficial sobre o que será feito para solucionar as reinvindicações dos produtores. Os representantes do laticínio informaram que apenas a diretoria poderia falar em nome da empresa, porém os mesmos estariam em ‘Transito’ para São Paulo. “Queremos apenas receber. Temos que pagar o alimento do gado e os custos de manutenção nas veterinárias. Não é justo entregar o leite e não receber nada e ainda vemos que o leite esta sendo embalado e comercializado, porque então não pagar em dia os produtores?” indagou um dos produtores que estava no local.

Os produtores afirmaram que não deixarão o local até um posicionamento oficial da empresa que estaria com o acumulo de alguns meses em atraso.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE