Um novo torneio continental de futebol, no formato da Liga dos Campeões e com premiação milionária, vem sendo concebido por um grupo de empresários que planeja lançar a competição em 2019. O presidente da Federação Argentina de Futebol (AFA), Luis Segura, mostrou algum ceticismo o para consolidar o novo campeonato nesta quinta-feira.

"Podemos ver isso como um projeto, mas não acredito que esteja perto de ser lançado. Essa ideia da 'América Champions League' está mais para um desejo que uma realidade. É preciso analisar e ver se serve", declarou Segura. O projeto de organizar uma Liga dos Campeões das Américas vem sendo concebido pelo escritório MP & Silva (Media Partners & Silva Limited), do empresário italiano Riccardo Silva, fundado em 2004.

Ele pretende criar uma nova competição entre os clubes mais importantes da América que possa atrair patrocínios a nível mundial. A ideia é que 64 equipe das Américas do Sul, Norte e Central disputem o novo torneio durante sete ou nove meses e recebam US$ 5 milhões apenas por participar. O campeão receberia um prêmio de US$ 30 milhões.

"Seria como a Uefa Champions League, mas para as equipes das Américas. Acreditamos que se uma equipe dos Estados Unidos pudesse participar de um torneio oficial com times do Brasil e da Argentina, isso poderia incrementar dramaticamente o interesse norte-americano no esporte", declarou Silva ao site ESPN.com.

A princípio, o torneio teria a participação de quatro equipes de México, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Equador e Uruguai, além de três times de Estados Unidos, Canadá, Costa Rica, Peru e Bolívia.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE