O ajudante administrativo Waldemir Almeida de Araújo, 27 anos, matou a esposa Izabel de Oliveira Almeida, 40 anos, com cerca de quatro tiros na frente da enteada, de 10 anos, na noite desta quinta-feira (24), no Jardim Sayonara, em Campo Grande. Segundo a Polícia Civil, o casal discutia quando a vítima foi alvejada.

De acordo com informações do boletim de ocorrência, o crime aconteceu por volta das 23h30min, quando segundo a filha da vítima, acontecia uma discussão por causa de bebida alcoólica, pois o autor queria que a vítima parasse de beber. O autor sacou uma arma, tipo revólver calibre 38, e disparou quatro vezes contra a companheira.

Segundo irmão do autor, que mora no mesmo quintal, o casal estava junto há nove anos e morava na casa nos fundos. Ainda de acordo com informações do boletim de ocorrência, ninguém viu o fato, além da filha da vítima, mas todos ouviram os disparos.

Segundo o registro policial, o acusado fugiu depois dos disparos e quando o irmão foi até a residência, encontrou a vítima agonizando entre a cozinha e a lavanderia. A menina de 10 anos estava próximo da mãe e ficou em estado de choque. A testemunha chegou a acionar o Serviço de Atendimento Médico de Urgência (Samu), mas a vítima não resistiu aos ferimentos.

De acordo com informações complementares, quando a Polícia Civil chegou, o local não estava preservado e muitas pessoas já haviam entrado na casa. O aparelho celular da vítima e dois projéteis de calibre 38 foram apreendidos.

O caso foi registrado como feminicídio e violência doméstica.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE