Na noite desta quinta-feira (01), aconteceu a primeira eliminação de "A Fazenda 8". Estavam na Roça os peões Thiago Servo e Amaral.

Durante o programa, o telespectador pode ver o desabafo de Thiago sobre Mara Maravilha. "Ela é do mal, uma pessoa maldosa", desabafou. Segundo ele, Mara age com maldade e é baixa no jogo. Ana Paula Minerato, sua affair no confinamento, o aconselhou a esquecer a rival dentro da casa.

Já na atração ao vivo, Roberto Justus perguntou aos dois roceiros quais participantes deveriam estar no lugar deles nesta Roça. Amaral optou em não escolher nenhum peão, considerando injusta sua indicação. Já Thiago, obviamente, afirmou que quem deveria estar ali era a ex-apresentadora Mara Maravilha.

Falando nela, Mara decidiu incomodar quem estava cozinhando nesta manhã. Edu K pediu por diversas vezes para que ela cantasse e batucasse em outro lugar e os deixassem em paz para fazer a comida. Mara continuou incomodando e Edu disparou: "Que criancice! Quanto estão te pagando pra você fazer isso?".

Vale destacar que, em sua primeira noite de eliminação, Roberto Justus estava bem seguro, apesar de certo nervosismo.

No discurso de despedida, Roberto Justus ressaltou que ambos os indicados representavam as duas maiores paixões brasileiras: futebol e música.

Após certo mistério, Amaral acabou sendo o primeiro eliminado do jogo. Thiago recebeu 76,25% dos votos para continuar. "Eu fico?" perguntou espantado com a votação.

O ex-jogador comentou sua saída: "O povo do Brasil está onde está porque o povo não vê a verdade. Felicidade pra ele no jogo!".

Na chegada de Thiago à sede, Mara começou a falar repetidamente "injusto!", enquanto os demais o abraçavam.

No final do programa, Roberto Justus impôs que as equipes escolhessem dois participantes para fazerem a prova da chave de amanhã. Assim, ficou determinado JP pela equipe Machado e Luka da equipe Serrote.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE