Na noite desta terça-feira (6), ocorreu a segunda formação da roça em "A Fazenda". Após alguns dias de muitas discussões provocadas por Mara Maravilha e Luka, chegou o tão esperado confronto entre os peões.
 
Alguns pontos valem ser citados, como a proximidade de Mara Maravilha e Thiago Cervo, dois peões que nunca se entenderam no jogo. Douglas, que esteve na baia esta semana, ficou completamente estressado e travou duas discussões com Mara. Sobrou até para Ovelha, que chegou a ser criticado por alguns peões por não colaborar muito na casa.
 
Voltando a votação tensa, Ana Paula Minerato, Fazendeira da Semana, decidiu indicar o peão Marcelo acusando de ser estrategista e causa um clima de guerra na casa.
 
Antes disso, JP abriu a arca e teve o direito de imunizar dois peões e vetar o voto de um do seu grupo. O voto vetado foi de Marcelo e Li Martins e Quelynah foram imunizados.
 
No final do primeiro bloco, Mara Maravilha já despontava com uma grande quantidade de votos por conta de seu jogo. A ideia de desestruturar a todos acabou atingindo ela mesma.
 
Com o poder da palavra, Mara aproveitou para se defender. Ela alegou que é complicado conviver em grupo. Reclamou dos palavrões dos companheiros de confinamento e citou sua evolução pessoal no jogo. "É bom pra ter paciência, porque se der força a gente soca!" - exclamou.
 
Ao decorrer da votação dos peões, Mara acabou com sendo indicada com oito votos, apenas não foi votada por si mesma e por Ovelha (Carla), Luka (JP), Thiago (Veridiana) e Rayanne (JP).
 
O terceiro banco da roça foi ocupado por um morador da baía, indicado por Mara Maravilha. Edu K foi o escolhido.
 
Ao fim da votação, JP abriu o segundo envelope e teve o poder de escolher um peão de qualquer equipe para dormir na baia até a prova da chave. Rebeca acabou voltando para baía, já que passou a primeira semana lá.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE