O ciclista Magno Nazaret venceu a prova de contrarrelógio e conquistou a medalha de ouro para o Brasil nos Jogos Mundiais Militares. A prova foi realizada ontem, na cidade de Mungyeong, na Coreia do Sul. Magno, 29 anos, natural de Dourados – 228 km de Campo Grande -, é terceiro sargento da Força Aérea Brasileira e atual campeão brasileiro no contrarrelógio, integra a seleção brasileira das Forças Armadas desde ano passado.

Ele percorreu os 32 km da prova em 42min05seg20. As medalhas de prata e de bronze foram para ciclistas do Irã, Behanam Khalilikhosroshahi e Alireza Haghi, que marcaram os tempos de 42min22seg33 e de 42min30seg15, respectivamente. “Estou muito contente. Deu tudo certo. A preparação foi perfeita e juntamente com o trabalho da Força Aérea Brasileira conseguimos um bom resultado. A prova foi individual, mas o que prevaleceu foi o trabalho de um grupo”, afirmou Magno, de acordo com o site da FAB.

A equipe ainda teve na prova o ciclista Murilo Affonso, que terminou na décima colocação, com o tempo de 43min57seg56. O sul-mato-grossense volta a competir hoje na prova de estrada. Além de Magno e Murilo Affonso, a seleção brasileira masculina é formada ainda pelos os ciclistas Alex Diniz e Roberto Silva.

No feminino, o destaque brasileiro foi Ana Paula Polegatch, que faturou a medalha de prata, com o tempo de 35min02seg91. O pódio foi completado pelas russas Natalia Boyarskaya, ouro, com o tempo de 33min43seg72 e Svetlana Vasilieva, bronze, com 35min21seg88.

Vôlei

No vôlei feminino, Brasil conquista a segunda vitória. Depois de perder para a China (3 sets a 2), na estreia, a seleção brasileira feminina, que conta com a sul-mato-grossense Natasha Farinéa, conquistou a segunda vitória seguida e segue firme na busca pelo título.

Após vencer o Vietnã, por 3 sets a 0, as brasileiras bateram o Canadá com parciais de 25/6, 25/6 e 25/7, e encara a Venezuela hoje. Com o resultado positivo, as brasileiras mantiveram a vice-liderança do grupo único, com sete pontos em três jogos.

A China é a primeira colocada, com oito pontos. Na terceira posição, está a Venezuela, com três pontos em dois jogos disputados. Todas as equipes se enfrentam em um turno único, e as duas melhores medem forças na final marcada para sábado.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE