Bandidos invadem banco, rendem funcionários e fogem levando dinheiro de cofre em Nova Alvorada do Sul

Assalto ocorreu por volta das 7h desta quarta-feira (29), antes da abertura para atendimento ao público

| KEROLYN ARAúJO E HELIO DE FREITAS / CAMPO GRANDE NEWS


Viatura da Polícia Civil em frente ao banco alvo de assalto. (Foto: Gustavo Garcia/Alvorada Informa)

Pelo menos quatro bandidos armados invadiram uma agência do Banco do Brasil, renderam funcionários e fugiram com dinheiro do cofre. O assalto ocorreu na manhã desta quarta-feira (29) em Nova Alvorada do Sul, cidade distante a 120 quilômetros de Campo Grande.

O crime ocorreu por volta das 7h, antes da agência abrir para atendimento ao público. Os quatro bandidos chegaram em carros de passeio, renderam o vigia, tomaram a arma e invadiram o prédio.

Os funcionários do banco foram rendidos e obrigados a deitarem no chão sob ameaças de morte. Há informação de que a quantia levada pela quadrilha chegue a R$ 5 milhões. O Campo Grande News apurou que ontem, a agência recebeu depósito robusto para pagamento de funcionários de usina de álcool da região.

Além da Polícia Civil e Militar da cidade, equipes do Garras (Delegacia Especializada de Repressão a Roubos a Banco, Assaltos e Sequestros), Bope (Batalhão de Operações Especiais) e Batalhão de Choque estão na cidade auxiliando nas buscas, inclusive com auxílio de helicóptero.

Assaltos a banco no interior do Brasil têm sido atribuído ao chamado “Novo Cangaço', denominação inspirada nos cangaceiros que por três décadas cometeram crimes no Nordeste brasileiro.

O último caso do tipo ocorreu no início de dezembro de 2019, quando cinco integrantes do grupo conhecido como 'Bonde do Maluco',  tentaram assaltar um carro-forte entre Caarapó e Amambai. Eles não conseguiram levar o dinheiro e foram mortos um dia depois, em confronto com a polícia.

O principal líder da quadrilha, José Francisco Lumes, o “Zé de Lessa', foi um dos mortos pelo Garras. Ele era um dos bandidos mais procurado da Bahia.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE