Sanesul possui 341 reservatórios distribuindo água para cerca de um 1,3 mi habitantes

| ASSESSORIA


Foto: Divulgação

Para manter estoque de água e abastecer de forma segura e eficiente os imóveis de uma cidade, a Sanesul utiliza reservatório de capacidade e formato diferentes.

As principais atribuições são, que reservatórios compensam as variações horárias de consumo; permitem a regularização das pressões na rede; são uma reserva para dar continuidade no abastecimento caso ocorra uma paralisação na produção; mantém uma reserva para ocasiões de emergência como incêndios; e permitem manejar o bombeamento nas horas de maior tarifa de eletricidade, ou seja, os reservatórios podem ser utilizados para melhoria da eficiência energética do sistema.

Há diferentes tipos de reservatórios em operação nas cidades atendidas pela Sanesul: os elevados e apoiados (que normalmente são em formatos circulares ou retangulares), os semi-enterrados e enterrados. Os reservatórios elevados podem ser construídos com uma variedade de formas, como um reservatório tubular ou taça por exemplo. 

Para definir o modelo de reservatório a ser utilizado, o departamento de engenharia precisa levar em conta a pressão que será necessária na rede de água, desde que atenda os limites estabelecidos na norma ABNT 12.218.

A escolha do formato e materiais de construção também dependem de estudos. A escolha é definida após avaliação técnica e econômica, em que são observados alguns fatores como o custo, o tempo em que ele deve estar concluído, da disponibilidade do material na região, das características de outros reservatórios existentes no local (se houverem), etc. 

Outro fator importante é a escolha da sua localização. Usualmente, eles ficam no ponto de maior cota da área que será abastecida por ele. E devem ser locados de modo a abastecer as redes de distribuição com pressão estática máxima de 50 mca e dinâmica mínima de 10 mca (valores da norma). 

Na Sanesul, os reservatórios são feitos, principalmente, em concreto armado e chapa metálica, mas existem alguns em fibra de vidro. Os reservatórios de grande porte da Sanesul foram construídos em concreto armado, mas recentemente foram construídos 2 reservatórios metálicos de  1500 m³ cada na cidade de Dourados.

Atualmente, a Sanesul possui 159 reservatórios apoiados e 182 reservatórios elevados ativos no Estado, distribuindo água para cerca de 1.381.844 habitantes, em 128 localidades, sendo 68 municípios e 60 distritos. 

Curiosidade - Fátima do Sul possui o mais alto reservatório da Sanesul: são 20 metros de estrutura (que 'segura' o reservatório no alto) e mais 13 de altura útil (parte destinada ao armazenamento da água), totalizando 33 metros de altura.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE