Após 17 horas, prédio do Atacadão ainda parece uma “chaminé gigante”

Imagens aéreas feitas nesta manhã sobre o prédio ainda impressionam

| GABRIEL NERIS / CAMPO GRANDE NEWS


Imagens aéreas feitas por volta das 10h desta segunda-feira (14), 17 horas após o início, mostram o estrago provocado no prédio do Atacadão, na Avenida Duque de Caxias, em Campo Grande. A fumaça não para e a impressão é uma chaminé gigante que trabalha a todo momento.

Pelo vídeo é possível perceber que toda a estrutura do mercado foi comprometida, com o telhado retorcido. A única parte que não foi atingida é do estacionamento.

O Corpo de Bombeiros já utilizou, até o início da manhã de hoje, 360 mil litros de água e 1,8 mil litros de espuma para tentar conter as chamas. Um caminhão-pipa da Águas Guariroba também foi utilizado para ajudar no combate ao fogo. Os militares precisaram deixar o prédio por risco de desabamento.

O prédio só passará por perícia após o término dos trabalhos do Corpo de Bombeiros. Segundo o tenente-coronel Fernando Carminatti, informações levantadas com a brigada de incêndio do supermercado apontam que as chamas começaram nas gôndolas de produtos inflamáveis.

As imagens de hoje cedo são impressionantes. Mostram o tamanho da destruição na estrutura e com toneladas de produtos incinerados. Veja:

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE