“Boi gigante” ataca menina de 9 anos, vídeo!

| COMPRE RURAL


O bisão é o maior mamífero terrestre da América do Norte e da Europa. Existem duas espécies, ou tipos, de bisão: o americano e o europeu. O animal que se costuma chamar de búfalo-americano é, na verdade, o bisão. O verdadeiro búfalo é de um grupo diferente de animais, encontrado na África e na Ásia.

Esse gigante, quando adulto, possui um tamanho de 2,8 metros de comprimento. Já o seu peso varia de acordo com o sexo, sendo que: Macho: 460 – 990 kg; Fêmea: 360 – 540 kg. O mais pesado bisão já registrado pesava 1,270 kg.

O bisão é parente próximo do búfalo, do gado bovino e do iaque. Hoje, o bisão americano é encontrado principalmente em áreas protegidas, como parques nacionais, e não está mais ameaçado de extinção.

Bisão têm uma expectativa de vida de aproximadamente 15 anos em estado selvagem e até 25 anos em cativeiro.

Para os dois primeiros meses de vida, os bezerros são de cor mais clara do que o bisão adulto. Uma condição muito rara é o bisão-branco, em que o bezerro se transforma inteiramente branco. Bisões brancos são considerados sagrados por muitos nativos americanos.

O bisão é um animal grande e poderoso. O macho adulto do bisão americano pode ter 2 metros de altura e pesar até 900 quilos. As fêmeas são menores. O bisão europeu é um pouco maior do que o americano, mas não é tão pesado.

Bisões têm cabeça grande, corcova e dois chifres curtos e curvados para cima. Além disso, possuem cascos nas quatro patas e pelos ásperos e marrons. O pelo normalmente é mais longo na cabeça, no pescoço e nos ombros.

Em geral, move-se lentamente, mas se necessário pode correr à velocidade de 65 quilômetros por hora. O bisão costuma viver em grupos pequenos. Às vezes, porém, dúzias ou até centenas de grupos se juntam, formando grandes rebanhos.

A cena ocorreu no famoso Parque Nacional de Yellowstone, em Wyoming (EUA). Em determinado momento, um bisão se aproximou de um grupo de pessoas que observava o Old Faithful Geyser, conhecido gêiser do parque.

Durante 20 minutos, o bisão não representou qualquer ameaça ao grupo. Porém, de repente, o enorme animal decidiu perseguir os visitantes. Uma menina de 9 anos, que visitava o local com a família, foi seguida pelo animal, golpeada duramente e jogada para o alto.

A menina foi atendida na emergência do parque e, horas depois, liberada. A natureza dos ferimentos não foi informada.

A maioria do bisões-americanos no mundo são criados para o consumo humano. Carne de bisão é mais baixa em gordura e colesterol, ainda mais proteína do que a carne, um facto que tem levado ao desenvolvimento de beefalo, um híbrido fértil de bisão e gado doméstico.

Em 2005, cerca de 35.000 bisões foram abatidos ​​para carne nos Estados Unidos, com a National Bison Association e USDA oferecendo um programa “Certified American Buffalo”, com acompanhamento de nascido-para-consumo de bisões via marcas auriculares de RFID.

Existe ainda um mercado para a carne de bisão Cashrut, estes bisões são abatidos em um dos poucos matadouros mamíferos Cashrut nos Estados Unidos, e a carne é distribuída em todo o país.

Clique Aqui Para Assistir o Vídeo

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE