Confirmada identidade de mais dois bandidos mortos; todos eram paraguaios

Joni Trindad e Diego Moraes faziam parte da quadrilha que estava escondida em Ponta Porã

| HELIO DE FREITAS, DE DOURADOS / CAMPO GRANDE NEWS


Diego Moraes (à esquerda) e Joni Trindad, mortos em confronto com a polícia (Foto: Reprodução)

A Polícia Civil de Mato Grosso do Sul confirmou nesta quarta-feira (13) a identidade de mais dois bandidos do PCC (Primeiro Comando da Capital) mortos segunda-feira (11) em confronto com policiais em Ponta Porã, a 323 km de Campo Grande. Com isso, os oito mortos já estão oficialmente identificados. Todos eram paraguaios.

O setor de papiloscopia da Polícia Civil em Ponta Porã confirmou hoje que os dois corpos ainda sem identificação oficial são de Joni Alcides Trinidad Baez, 19, e Diego Marcial Moraes González, 25. O reconhecimento já tinha sido feito informalmente ontem por familiares dos outros mortos que conheciam os dois rapazes, mas só nesta manhã a identificação foi considerada oficial.

Além de Joni Alcides e Diego Marcial, morreram no confronto Blas Daniel Moraes Gonzales, 18, Daniel Irala Escobar, 31, os irmãos Edson Prieto Davalos, 27, e Oscar Prieto Davalos, 23, Fredi Portillo Rodriguez, 30, e Oscar Ruben Cardozo Delvalle, 32.

Os mortos em confronto eram suspeitos de participação em execuções ocorridas nos últimos meses na Linha Internacional entre Mato Grosso do Sul e o Paraguai. O grupo também teria participado da tentativa de resgate do chefe do PCC na fronteira, Giovanni Barbosa da Silva, 29, o “Bonitão', na madrugada de domingo (10), em Pedro Juan Caballero.

Eles estavam em uma casa no bairro Julia Cardinal, na saída de Ponta Porã para Dourados, quando foram surpreendidos por agentes da Polícia Civil em Ponta Porã e do Garras. Armados com três pistolas, três revólveres calibre 38 e dois fuzis 7,62, eles reagiram. Seis foram feridos e morreram no hospital. Os outros dois foram mortos em confrontos com policiais do DOF e do Bope, entre a noite de domingo e a madrugada de segunda-feira.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE