Homem é sequestrado e feito refém por 12h em quarto de barraco

Vítima, que presta serviço para presídio, estava com veículo da empresa quando foi abordado por dupla.

| MIRIAN MACHADO / CAMPO GRANDE NEWS


Caso foi registrado na Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário do Cepol (Arquivo/Campo Grande News)

Um homem de 42 anos, funcionário de um restaurante que presta serviço para custodiados no Presídio Federal em Campo Grande, foi feito refém por 12 horas entre a noite de ontem (11) e a madrugada desta sexta-feira (12) na Vila Nhanhá.

Conforme o registro policial, após fazerem entrega no presídio, a vítima saiu com outro funcionário da empresa onde foram passear, depois seguiram para a sede da empresa e em seguida a vítima teria ido ajudar o amigo a fazer uma mudança de residência.

Quando voltava, cerca de 21h, transitando pela Rua 13 de Maio esquina com a Avenida Eduardo Elias Zahran ainda com o veículo da empresa, um Fiat Fiorino, dois indivíduos, aparentemente adolescentes, entraram no carro pela porta direita, um deles armado com uma faca que o mandou seguir.

À polícia, o homem contou que dirigiu sentido a Vila Nhanhá parando em frente a um barraco. Ele ainda foi levado para um dos quartos sem os óculos e os calçados, onde ficou preso até a manhã de hoje (12).

Por volta das 9h, a vítima escutou um dos suspeitos comentarem que “havia polícia na área', cercando o veículo, que estava a três quilômetros dali. Com medo, os suspeitos entregaram a chave do carro ao funcionário e o mandaram embora, sem que olhasse para trás.

O rapaz foi socorrido pelo irmão, que informou que o dono da empresa teria recebido informações sobre a localização do veículo.

A vítima reforçou que não é usuária de drogas, porém se recusou a fazer exame toxicológico.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE