Capataz é executado com tiro de escopeta na cabeça em fazenda da fronteira

Crime ocorreu na manhã desta segunda-feira em povoado paraguaio a 40 km de Paranhos

| HELIO DE FREITAS, DE DOURADOS / CAMPO GRANDE NEWS


Placa na entrada de Itanará, povoado de 400 habitantes, na fronteira (Foto: ABC Color)

Capataz de uma fazenda de criação de gado foi executado na manhã de hoje (5) na fronteira do Paraguai com Mato Grosso do Sul. O crime ocorreu por volta de 9h30 em Itanará, povoado de 400 habitantes localizado no Departamento (equivalente a Estado) de Canindeyú, e a 40 quilômetros de Paranhos (MS).

Francisco Ortellado, 45, saía da propriedade chamada Fazendinha em uma moto quando foi atacado. Surpreendido pelo pistoleiro que estava de tocaia na porteira de acesso à estrada, o capataz executado com tiro de escopeta calibre 12. O disparo desfigurou o rosto da vítima.

A moto foi levada pelo pistoleiro, mas a polícia não confirma latrocínio (roubo seguido de morte). A principal suspeita é que o criminosos tenha o usado a moto apenas para fugir.

Como não há testemunhas, o assassinato deve ficar sem solução, assim como centenas de execuções ocorridas nos últimos anos na linha internacional dominada por traficantes e grupos de extermínio.

Quer receber notícias do Site MS NEWS via WhatsApp? Mande uma mensagem com seu nome para (67) 9 9605-4139 e se cadastre gratuitamente!


PUBLICIDADE
PUBLICIDADE